Semana Santa chegando e nada melhor do que reunir a família e os amigos para celebração da ressurreição de Jesus Cristo no dia, 31, e comemorar junto os 80 anos de emancipação política-administrativa de Maraú. Porém, os marauenses festejarão os 80 anos de emancipação política da cidade na segunda-feira (02).

 

A Prefeitura de Maraú está organizando uma belíssima festa para celebrar o acontecimento. No dia, 02 de abril será a inauguração da reforma e ampliação do Mercado Municipal, que é uma importante obra para o fortalecimento do comércio local. A programação  festiva envolve ainda, desfile das escolas,  com apresentação dos  atletas da canoagem que participarão pela  primeira vez do Campeonato em outro Estado da Federação. Os Deputados, Ronaldo Carlleto e Eduardos Salles, já confirmaram presença e possivelmente o governador da Bahia, Rui Costa.

Conheça um pouco sobre a história de Maraú.

 

No ano de 1705, frades italianos se instalaram em uma aldeia indígena chamada “Mayrahú”, originando um povoado. Em 1717, criaram o distrito de Mayrahú que, após a construção da capela, foi elevado à freguesia, passando a se chamar “São Sebastião de Mayrahú”. No ano de 1761, foi elevada a Vila de Maraú. E só em 1938 tornou-se cidade.

 

Os padroeiros do município são São Sebastião e Nossa Senhora da Conceição do Cambuízo, que têm como data festiva 20 de janeiro e 8 de dezembro, respectivamente. Com uma cultura riquíssima e quase totalmente preservada, essa cidade atrai cada vez mais turistas de todas as partes do mundo.

 

Chamada pela mídia de “Polinésia Baiana”, devido à sua rara beleza e transparência de suas águas, Maraú possui belíssimas praias distribuídas entre seus vários povoados, além de dezenas de ilhas, cachoeiras, manguezais e quilômetros de Mata Atlântica totalmente preservados. Seus povoados costeiros mais conhecidos são: Barra Grande, Saquaíra, Taipús de Fora, Algodões, Ibiaçú, Piabanha, Tremembé, Taipu de Dentro, Campinho, Empata Viagem e Tabuleiro. Maraú faz parte da Costa do Dendê, uma das regiões mais belas da Bahia. Lá também fica localizada a terceira maior baía do país, a Baía de Camamu, onde desagua o rio Maraú Recentemente a Península de Maraú começou a ser descoberta por baianos e turistas. Os moradores mais antigos contam que Maraú já foi visitada até pelo escritor e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry, autor de “O Pequeno Príncipe”, que teria permanecido no povoado o tempo suficiente para ali manter uma residência.

Deixe uma resposta

Maraú mantém viva suas tradições com o desfile da Caipora

CompartilharO município de Maraú, além de ser famoso pelas riquezas naturais...

Maraú celebra o dia de São Sebastião, padroeiro da cidade com procissão marítima, missa e quermesse

Compartilhar  Maraú comemorou neste domingo (20) o Dia de São Sebastião,...

Com objetivo de criar o turismo rural, Prefeita Gracinha e equipe visitam cachoeira da Santa Maria na zona rural de Maraú

Compartilhar Com o objetivo de melhorar o acesso ao local e...

NOTA PÚBLICA – CANCELAMENTO DA FESTA DE SÃO SEBASTIÃO

Compartilhar  A Prefeitura Municipal de Maraú, comunica a todos que em...